#32 - O copo vazio está cheio de ar

A história de M. ela sabia. seria uma estupidez continuar pensado nele durante todos os dias restantes de sua vida. era, sem dúvida, uma prova de burrice lembrar dele em suas tardes de sol, em seus momentos mais felizes, trazendo um fantasma para uma realidade onde não pertencia. mas ela não conseguia evitar.

Read →